fbpx

A escola e as questões ambientais, entrevista com a geógrafa e autora Nara Raggiotti

Embora a preocupação com o meio ambiente não seja recente, foi a partir do século XX, com a maior urbanização e industrialização das sociedades, que os debates sobre o meio ambiente ganharam notoriedade mundial.

Desde então, os problemas ambientais passaram a ser discutidos em conferências e pautados em tratados e acordos, reunindo e aproximando governos e países em busca de medidas que possam minimizar problemas como escassez de água, perda da biodiversidade e mudanças climáticas.

Contudo, para que as medidas tenham resultado, é preciso a atuação de toda a sociedade. A batalha é grande, mas fundamental para garantir que as gerações futuras possam ter os recursos necessários para a sua sobrevivência. E, falando em gerações futuras, as crianças também têm um papel importante nesse processo e devem ser preparadas desde cedo para assumirem atitudes positivas em relação ao meio ambiente. Nesse contexto, portanto, a escola assume papel preponderante. Para falar sobre isso, convidamos a geógrafa e autora de livros infantis Nara Raggiotti.

Carochinha: Qual é o papel da escola quando o assunto é meio ambiente?

Nara: A escola é um espaço de produção, de sistematização e também de acesso ao conhecimento científico. Assim, em termos de meio ambiente, ela contribui para o entendimento do funcionamento do planeta e para uma melhor compreensão da relação do ser humano com a natureza. De forma resumida, na escola se aprende como a natureza funciona e como o ser humano pode afetar seu equilíbrio. Além disso, a escola também é um espaço para a reflexão e a disseminação de ideias e atitudes. Sendo assim, é o espaço ideal para promover transformações individuais e coletivas.

Carochinha: Como as questões ambientais devem ser trabalhadas na escola?

Nara: Na prática, além de estarem presentes nos conteúdos curriculares, as questões ambientais devem, sempre que possível, permear os projetos desenvolvidas pela escola e estar presentes em atividades voltadas para a comunidade escolar. Campanhas de conscientização sobre consumo consciente ou coleta seletiva, por exemplo, são fundamentais para disseminar ações positivas e garantir resultados mais promissores para o meio ambiente.

Campanhas de conscientização sobre consumo consciente ou coleta seletiva, por exemplo, são fundamentais para disseminar ações positivas e garantir resultados mais promissores para o meio ambiente.

Carochinha: Existe uma faixa de idade mais adequada para tratar as questões ambientais na escola?

Nara: Não! Nós somos parte da natureza e ela é parte de nós. Então esse é um tema que sempre deve ser abordado na escola, claro que respeitando a capacidade de compreensão de cada faixa etária.

Serviço do Reino:

Veja abaixo alguns títulos da Carochinha que tratam de questões ambientais e cuidados com a Natureza:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba novidades!

Cadastre-se e receba novidades da Carochinha Editora!

Você é educador?

Cadastre-se e acesse aos conteúdos restritos como atividades, projetos pedagógicos, vídeos de educadores, versão PDF do livro, além de descontos especiais para professores!

Fazer cadastro
Open chat