Carochinha Editora | Post
  • Rainha do reino da Carochinha

Desfralde: é hora de começar?


Crédito da imagem: Freepik

O desfralde é um marco importante no desenvolvimento infantil. A partir dele, a criança toma maior consciência do seu corpo e da sua capacidade de controlá-lo, adquirindo maior autonomia. Apesar de ser um momento bastante esperado pelos pais, a regra número um para que o processo seja bem-sucedido é esperar o tempo certo e não ter pressa para concluí-lo.

O processo de desfralde pode ser iniciado a partir dos 18 meses, porém é mais indicado entre 2 e 4 anos de idade. Assim como acontece com outras habilidades, a capacidade de retenção, ou seja, de controlar as fezes e a urina, está relacionada ao desenvolvimento de outras habilidades físicas e cognitivas e, por isso, pode ocorrer mais precocemente em algumas crianças e mais tardiamente em outras. Por conta disso, antes de iniciar o desfralde, é muito importante que os pais observem, além da idade, alguns sinais indicativos de que a criança está realmente pronta para iniciar esse processo. Entre esses sinais, destacam-se:

  • Andar com firmeza;

  • Pular com os dois pés unidos;

  • Subir uma escada alternando os pés nos degraus;

  • Ficar incomodado com a fralda, especialmente quando ela está suja;

  • Conseguir ficar parado, concentrando-se em uma atividade por alguns minutos;

  • Dar sinais físicos ou verbais de que está com vontade de fazer xixi ou cocô;

  • Conseguir seguir comandos simples;

  • Entender o significado de “xixi” e “cocô”;

  • Sentir-se motivado a usar o penico ou o vaso sanitário.

Mesmo que a criança apresente a maioria dos sinais acima, isso não significa que o processo estará isento de alguns percalços. Aliás, é bem possível que eles ocorram no início. Assim, para que o desfralde seja mais tranquilo, certos pontos devem ser considerados nesse processo. Veja, a seguir, alguns deles:

Escolha um bom momento. Procure iniciar o desfralde em uma época em que a rotina familiar esteja mais estável. Assim, não é recomendado que o processo seja iniciado quando a criança tenha acabado de entrar na escola ou de ganhar um irmãozinho, por exemplo.

Considere o clima. No verão, as roupas são mais leves e, portanto, mais fáceis de serem tiradas nos momentos de urgência. Além disso, caso a criança se molhe, não terá o desconforto do frio. Para os pais, a possibilidade de lavar e secar mais rapidamente as roupas também é um fator importante.

Adquira um penico ou assento redutor. A criança pode se sentir insegura para usar o vaso sanitário nos primeiros meses. Para evitar que isso seja um motivo de resistência ao desfralde, o ideal é adquirir um penico ou um assento redutor. Ambos vão dar mais segurança à criança, embora muitas se sintam mais confortáveis com o penico. A escolha, no entanto, é bastante pessoal. Caso um não dê certo, vale a pena tentar o outro.

Invista em calcinhas ou cuecas. Essas serão peças muito bem-vindas no guarda-roupa da criança nesse período. Procure por modelos confortáveis e que agradem aos pequenos. Caso considere necessário, providencie peças de transição compostas de camadas absorventes e impermeáveis que, no caso de pequenos escapes, ajudem na contenção.

Tenha paciência. Por mais difícil que seja se deparar com aquele xixi no chão da sala, é preciso manter a calma. Brigar com a criança porque o xixi escapou é extremamente prejudicial e põe em risco todo o processo de desfralde. Por isso, ao ver o xixi no chão, respire fundo e explique calmamente que há lugar certo para fazer o xixi. Mas lembre-se: novos escapes são esperados e podem acontecer a qualquer momento, inclusive duas horas depois desse ocorrido.

Faça festa. Nada mais empolgante e motivador para uma criança que ver seus pais comemorarem suas conquistas. Elogie, bata palmas e faça aquela festa quando o pequeno fizer xixi ou cocô no lugar certo. Isso certamente o motivará a repetir o ato.

Adie, se necessário. Se todas as tentativas têm sido frustradas, talvez ainda não seja o momento certo para o desfralde. Nesse caso, não tenha receio em dar um passo para trás. Aguarde mais alguns meses e inicie o processo novamente. Tenha em mente que, quando a criança estiver realmente pronta, o desfralde irá ocorrer de forma muito mais tranquila e rápida do que você imagina.

Biblioteca do Reino

Caio usa o troninho

Criação e ilustrações: Lisbet Slegers

Tradução: Diego Rodrigues

Disponível no site

Caio ganhou um penico da mamãe. Afinal, as crianças mais velhas fazem xixi no troninho! A primeira vez não dá muito certo... Mas, aos poucos, Caio começa a aprender, até ficar craque no assunto!

Indicado para crianças que estejam em fase de desfralde.

Caio é um garoto vivendo as primeiras experiências da infância: o primeiro troninho, a primeira ida a uma biblioteca, o primeiro dia na escola, o primeiro bichinho de estimação... E assim, a cada experiência, ele vai descobrindo o mundo e a si mesmo.

#livrodidático #educação

0 visualização

Rua Mirassol 189 ● Vila Clementino

São Paulo ● SP ● 04044-010
+55 11 3476 6616 ● +55 11 3476 6636

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle

Formas de pagamento: Cartão de Crédito (Visa, Mastercard, American Express, Elo, Hipercard, Diners, Discover, Aura, JCB), Boleto Bancário, Pag Seguro e PayPal.

Formas de envio: Correios e Retirada na Sede da Editora

Copyright © Carochinha Editora, 2016. Todos os direitos reservados. Site desenvolvido por Obá Editorial.

Estúdio da Carochinha Produção Editorial Ltda.

Rua Mirassol, 189 ● Vila Clementino ● São Paulo ● SP ● 04044-010  CNPJ: 06.222.172/0001-96