Carochinha Editora | Post
  • Carochinha

A importância da inclusão social na escola


© ilustração: Cecília Murgel | livro: Floresta dos Mistérios

A escola, por sua estrutura, deve ser um espaço de acolhimento e formação para toda a sociedade. Segundo a nossa Constituição Federal de 1988, a “educação é direito de todos e dever do Estado e da família”, e o ensino será ministrado com base na “igualdade de condições para o acesso e permanência na escola”. Contudo, quando se trata de crianças com deficiência, percebemos a dificuldade que muitos encontram para adentrar e, mais ainda, para permanecer no ambiente escolar.

Em 2018, o Ministério da Educação divulgou a versão final da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que traz diretrizes para os currículos que devem ser abordados nos ensinos infantil, fundamental e médio do Brasil. O documento cita dez competências gerais da educação básica, sendo que a nona competência ressalta: “Exercitar a empatia, o diálogo, a resolução de conflitos e a cooperação, fazendo-se respeitar e promovendo o respeito ao outro e aos direitos humanos, com acolhimento e valorização da diversidade de indivíduos e de grupos sociais, seus saberes, identidades, culturas e potencialidades, sem preconceitos de qualquer natureza.”

Para que essa competência seja plenamente trabalhada, a escola deve se mobilizar para que todas as crianças, independentemente de sua deficiência, possa ser atendida de modo igualitário frente aos demais colegas. Para isso, é fundamental que a instituição tenha uma estrutura física acessível, com rampas, salas, banheiros e refeitórios adaptados; profissionais da educação capacitados para ensinar e zelar pela integridade física e mental dos alunos e, também, projetos pedagógicos e atividades que facilitem a adaptação dessas crianças à escola.

Alcançar uma integração escolar efetiva, que fomente o desenvolvimento de todos os alunos, não é tarefa simples. Para isso, a escola pode se valer de recursos tecnológicos que atendam às necessidades específicas de cada aluno, por exemplo, aplicativos para deficientes visuais, que traduzem textos escritos para a reprodução oral, e outras ferramentas que facilitem e incentivem o aprendizado nas mais plurais formas de comunicação. Livros em Braille e bibliotecas acessíveis e com livros que atendam a todas as fases do aprendizado também são imprescindíveis materiais de apoio aos profissionais.

Atualmente, está em tramitação uma lei que prevê o ensino da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) nas escolas públicas desde a educação básica. Entretanto, sabemos que esses processos de implantação são demorados e, enquanto isso, temos milhares de crianças que necessitam aprender e se comunicar com essa língua nas escolas. Por isso, cursos de capacitação em LIBRAS para os professores e demais profissionais que atuam no ambiente escolar também são necessários para um bom atendimento.

Apesar de serem indispensáveis, a formação continuada dos professores, espaços adequados para a aprendizagem, recursos e materiais de apoio não são suficientes para uma completa integração de todas as crianças.

A escola deve incentivar a todo momento o exercício da cidadania e o respeito às diferenças, seja por parte dos alunos, seja pelos colaboradores e comunidade como um todo, para que todos os alunos se sintam verdadeiramente acolhidos e participantes do grupo, independentemente de suas condições físicas ou intelectuais. Para isso, o trabalho pedagógico e a ludicidade fazem toda a diferença, pois, apesar das diferenças e obstáculos que cada um deve enfrentar por suas limitações, são crianças que merecem brincar e aprender em um espaço que deve ser sinônimo de desenvolvimento em todos os sentidos.

Biblioteca do Reino

Floresta dos Mistérios

Autor: Márcio Araújo

Ilustradora: Cecília Murgel

Imagine que o prefeito da sua cidade decidiu montar uma fábrica de celulares no município. Para isso, ele vai ter que derrubar uma enorme floresta, com diversas espécies de animais e plantas. O que você e seus amigos fariam?

Neste livro, você vai encontrar uma narrativa de superação, que retrata a história da Floresta dos Mistérios, um lugar repleto de magia ameaçado pela prefeita da cidade de Micrópolis, que decide desmatar tudo para construir uma fábrica de celulares.

Em meio a esse perigo, três crianças muito inteligentes se unem aos habitantes da floresta para deter a ameaçadora prefei- ta e seus planos de destruição. Junte-se ao astuto Saci Pererê, à magnífica sereia Iara e ao temido Boitatá para descobrir como podemos unir a tecnologia à natureza. Será possível? Vá para a livraria online da Carochinha!

#inclusãosocial #PCD #escola #libras #BNCC

0 visualização

Rua Mirassol 189 ● Vila Clementino

São Paulo ● SP ● 04044-010
+55 11 3476 6616 ● +55 11 3476 6636

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle

Formas de pagamento: Cartão de Crédito (Visa, Mastercard, American Express, Elo, Hipercard, Diners, Discover, Aura, JCB), Boleto Bancário, Pag Seguro e PayPal.

Formas de envio: Correios e Retirada na Sede da Editora

Copyright © Carochinha Editora, 2016. Todos os direitos reservados. Site desenvolvido por Obá Editorial.

Estúdio da Carochinha Produção Editorial Ltda.

Rua Mirassol, 189 ● Vila Clementino ● São Paulo ● SP ● 04044-010  CNPJ: 06.222.172/0001-96