Você é educador?
Acesse atividades, projetos pedagógicos, descontos e outras vantagens!

Quem nunca comeu um bombom de olhos fechados?

Autoria
Jonas Ribeiro
Ilustrações
Cecília Murgel
Temáticas
Curiosidade Descobertas Sensações Sentidos Sentimentos
Preço

R$45,90

Quantidade

Sinopse

Quem nunca sentiu preguiça de arrumar o quarto?
Quem nunca passou um dia sem tirar o pijama?
Quem nunca ficou um dia sem tomar banho?
Quem nunca acordou e pediu mais cinco minutos de sono?
Quem nunca quis ser o ajudante do dia?
Quem nunca quis ser um passarinho?
Quem nunca desejou conhecer o mar?
Será que eu me conheço de verdade ou ainda posso me surpreender comigo mesmo?
Fazer novas e bonitas descobertas sobre mim?
Será que, no fundo, bem lá no fundo, todas as pessoas se parecem e nós nem somos assim tão diferentes uns dos outros?

Ficha técnica

Largura 20.5 cm
Altura 27.5 cm
Acabamento

Brochura

Faixa etária

6-7 anos

ISBN

9788595541382

Páginas

32

Ano

2020

Edição

Segmento escolar

Ensino Fundamental I

Características

Leitura compartilhada
Leitura independente

Autoria

Jonas Ribeiro

Será que eu me conheço de verdade ou ainda posso me surpreender comigo mesmo? Fazer novas e bonitas descobertas sobre mim? Será que, no fundo, bem lá no fundo, todas as pessoas se parecem e nós nem somos assim tão diferentes uns dos outros? Será que é importante eu contar que nasci em São Paulo, no dia 16 de setembro de 1970? Será que preciso escrever aqui que já comi vários bombons de olhos fechados? Será que os leitores pensam que eu sou inteligente só porque escrevi um monte de livros? Será que os leitores imaginam que eu tenho tantas coisas que quero aprender e tantos erros que quero corrigir? Será que os leitores responderão com facilidade a todas as perguntas deste livro? Será mesmo?

Ilustrações

Cecília Murgel

Nasci em São Paulo. Descobri cedo que os lápis são varinhas mágicas e servem para criar coisas coloridas e encantadas. Um dia eu cresci e acreditei que desenhar casas e prédios para as pessoas morarem é que era coisa para gente grande fazer com a caixa de lápis. Fui estudar arquitetura e, por 20 anos, desenhei coisas que se constroem com tijolos. Em 2010 decidi para o resto da minha vida que queria desenhar o que de mais sério há para desenhar: sonhos. E quem foi que disse que não se pode ser o que se é? Quando perguntam a minha profissão, eu digo: “Eu? Eu sou uma desenhadora”. E, para os que pensam que existe um mundo de pessoas grandes e outro de pessoas pequenas, eu digo que sou ilustradora.

Você é educador?

Cadastre-se e acesse conteúdos exclusivos como atividades, projetos pedagógicos, vídeos, versão PDF do livro para análise, além de descontos especiais para educadores!

Fazer Cadastro

Avaliações deste livro

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Quem nunca comeu um bombom de olhos fechados?”

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Open chat