fbpx
Você é educador?
Acesse atividades, projetos pedagógicos, descontos e outras vantagens!

Cheiro de domingo

Maria Flor é uma menina linda e sorridente que ama brincar e estar com seus amigos, mas existe algo que a faz exalar alegria: passar os domingos ao lado do avô, com quem se diverte, aprende inúmeros ensinamentos e aprecia os melhores aromas da vida.
Uma relação de carinho e ternura, de aconchego e de muitas aventuras perfumadas. “Ah, que cheiro ma-ra-vi-lho-so!” Ele está saindo de dentro destas páginas! Então não perca tempo, respire fundo e boa leitura!

Sobre o livro

Autoria
Alexandre Parente
Ilustrações
Cecília Murgel
Temáticas
Amizade Cidadania Competências Socioemocionais Convivência Diversidade Família Infância Meio Ambiente Passagem do Tempo Rotina Sentidos Sentimentos
Desconto exclusivo para educadores cadastrados
Preço Original: R$45,90

R$32,13

Quantidade
Solicite a visita do divulgador

Ficha técnica

Largura 20.5 cm
Altura 27.5 cm
Peso 0.200 kg
Acabamento

Brochura

Ano

2020

ISBN

9788595540996

Edição

Faixa etária

6-7 anos, 8-9 anos

Páginas

32

Segmento escolar

Ensino Fundamental I

Áreas do Conhecimento da BNCC

Ciências da Natureza, Linguagens

Características

Leitura compartilhada
Leitura independente
Projeto de leitura

Autoria

Alexandre Parente

Alexandre Parente é natural de Fortaleza/CE e desenvolveu sua carreira em Brasília/DF, onde estudou agronomia na UnB. Membro do Instituto Casa de Autores de Brasília (ICA), tem quatro livros publicados, sendo Cheiro de domingo a sua estreia pela Carochinha Editora. Além disso, Alexandre dedica suas atividades como escritor à visitas e encontros com o público escolar, disseminando o gosto pela leitura e pela literatura infantil.

Ilustrações

Cecília Murgel

Nasci em São Paulo. Descobri cedo que os lápis são varinhas mágicas e servem para criar coisas coloridas e encantadas. Um dia eu cresci e acreditei que desenhar casas e prédios para as pessoas morarem é que era coisa para gente grande fazer com a caixa de lápis. Fui estudar arquitetura e, por 20 anos, desenhei coisas que se constroem com tijolos. Em 2010 decidi para o resto da minha vida que queria desenhar o que de mais sério há para desenhar: sonhos. E quem foi que disse que não se pode ser o que se é? Quando perguntam a minha profissão, eu digo: “Eu? Eu sou uma desenhadora”. E, para os que pensam que existe um mundo de pessoas grandes e outro de pessoas pequenas, eu digo que sou ilustradora.

Atividades e projetos pedagógicos

Cadastre-se e acesse conteúdos exclusivos como atividades, projetos pedagógicos, vídeos, versão PDF do livro para análise, além de descontos especiais para educadores!

Avaliações deste livro

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Cheiro de domingo”

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Open chat